Phishing

Phishing: os perigos de clicar em links suspeitos

Rate this post

Você já ouviu falar em phishing? Trata-se de uma técnica utilizada para realizar fraudes cibernéticas que estão atrás de informações pessoais sensíveis, como senhas e informações bancárias.

Com o aumento da tecnologia e da dependência da Internet, o phishing se tornou uma ameaça crescente para a segurança online. Por isso, é importante estar ciente dos riscos e saber como se proteger contra ataques de phishing.

Para entender sobre o assunto e evitar cair neste tipo de fraude, continue lendo para descobrir como proteger suas informações pessoais contra o phishing e mantê-las seguras no meio cibernético. Confira!

O que é phishing e como ele funciona?

Phishing se trata de um termo utilizado para descrever a prática fraudulenta que tem como objetivo obter informações pessoais confidenciais por meio da Internet. 

Ele funciona, geralmente, por meio de e-mails ou mensagens que parecem vir de fontes confiáveis, como bancos ou empresas, e pedem ao destinatário que revele informações ou clique em links que levem a sites falsos.

O objetivo dos criminosos que realizam phishing é conseguir informações valiosas ou acesso a contas financeiras do usuário.

Phishing

Quais são os riscos de clicar em links suspeitos?

Os riscos são diversos e, por isso, é muito importante tomar certos cuidados ao pensar em clicar em algum link que pareça suspeito na internet – mesmo que chegue para você em um contato privado. Confira alguns dos maiores riscos, a seguir.

Você pode ser levado para sites especializados em roubar suas informações

Quando você clica em um link suspeito, poderá ser direcionado a sites fraudulentos que visam roubar suas informações pessoais. Eles são criados com esse objetivo, parecem confiáveis e solicitam informações confidenciais, tais como senhas, CPF, números de cartões de crédito, dados bancários etc. 

Assim que você fornece esse tipo de informação a esses sites falsos, elas podem ser utilizadas para cometer fraudes financeiras, roubos de identidade e outros crimes cibernéticos. 

Ainda existe a possibilidade de que essas informações sejam vendidas ou compartilhadas com terceiros, aumentando ainda mais os riscos.

Você pode baixar um malware que pode infectar seu computador ou celular

Outro grande risco é acabar baixando um malware malicioso no seu dispositivo, o que será muito prejudicial para o funcionamento do seu dispositivo e ainda roubar suas informações pessoais. Alguns exemplos de malware incluem vírus, cavalo de Troia, spyware, dentre outros.

Após ser baixado, ele terá a capacidade de monitorar o seu aparelho, roubar seus dados, excluir arquivos importantes ou até mesmo modificá-los. Ou seja, é preciso ter sempre muito cuidado e atenção nestes momentos.

Você pode ser levado a um site de anúncios que passará a te perseguir com pop-ups

Qual seria o problema de ser levado a um site cheio de anúncios? Bom, esses sites podem utilizar cookies e outras tecnologias para rastrear suas atividades na web e exibir anúncios personalizados em outros sites que você visita.

Fora isso, também pode acabar prejudicando a sua utilização do dispositivo, sendo bastante invasivo.

Você pode sofrer um ataque de ransomware!

Por fim, você ainda poderá acabar sofrendo um ataque de ransomware – que se trata de um tipo de software malicioso que bloqueia seus arquivos importantes criptografando-os e exigindo um pagamento para desbloqueá-los.

Um ataque deste tipo geralmente ocorre ao clicar em um link malicioso ou anexo de e-mail. Quando o malware é instalado, ele criptografa seus arquivos e exibe uma mensagem pedindo o pagamento de uma quantia em troca da liberação dos arquivos.

Os ataques de ransomware são muito perigosos e podem causar grandes danos, como a perda permanente de informações importantes.

Phishing

Como evitar o phishing?

Para que nada disso aconteça com a sua empresa ou com você, veja algumas formas de evitar o phishing.

Não clique em links suspeitos

Essa é a melhor maneira de evitar os ataques de phishing. Como vimos acima, muitos dos ataques de phishing ocorrem através de links maliciosos que levam a sites fraudulentos. 

Para evitar as fraudes, você pode digitar o endereço da web manualmente ou verificar a autenticidade do site antes de fornecer informações pessoais. Se houver esse cuidado sempre, você estará mais seguro.

Pesquise se um site é seguro antes de colocar qualquer informação pessoal nele

Estar bem informado é sempre uma boa maneira de cair em golpes de phishing. Por exemplo, você poderá verificar se o endereço do site começa com “https”, se há selos de segurança, se há relatos de problemas de segurança ou phishing na pesquisa do site e as políticas de privacidade. 

Fique atento, pois até mesmo sites grandes e confiáveis podem ser comprometidos, então sempre é importante manter suas informações pessoais seguras.

Veja mais em Conversa de Comadre.


Publicado

em

por

Tags:

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *